sexta-feira, 19 de outubro de 2007

A medicina e a magia

Os mesopotâmicos não contavam com a esperança de que o sofrimento da vida terrena seriam compensados após a morte,por isso deixava-se seduzir pelo misticismo e pelas superstições.
As pessoas que praticavam adivinhações tinham muito prestígio e eram procuradas por aqueles que queriam se prevenir de desgraças no futuro próximo, ou se informar a respeito dos humores dos deuses a seu respeito. A própria religião se misturava com a magia, e muitos sacerdotes trabalhavam na preparação de amuletos e rituais de purificação, para afastar o demônio que ( eles creditavam) rondavam as pessoas.
As doenças eram vistas como forma de ataque desses demônios e os magos aplicavam nos doentes óleos que teriam sido purificados pelos deuses, assim como a água que eles acreditavam e consideravam santa. Dessa forma a medicina acabou sendo confundida coma magia, e esta confusão durou muitos séculos em muitas sociedades. Na idade Média, a prática da medicina foi muitas vezes considerada bruxaria.
Essa crença (mística) acompanham as sociedades até os dias de hoje. Presenciamos em pleno século XXI, pessoas que acreditam e mesmo se dizem curadas por forças sobrenaturais que a ciência não pode explicar, isto em todas as regiões do nosso planeta, até as civilizações mais desenvolvidas, encontramos relatos que comprovam esta crença.
Para saber mais acesso: www.sociedadessecretasconspiracao.msn.com

1 Comment:

lrpena said...

Olá,

posso te pedir um favor? Depois voce me explica como fazer para criar um banner e colocar o link para compartilhamento, igual voce fez? Agradecido.