segunda-feira, 3 de março de 2008

General Dwight D. Eisenhower

General Dwight D. Eisenhower


Exactamente como foi previsto há pouco mais de 60 anos.É uma questão de História lembrar que, quando o Supremo Comandante das Forças Aliadas, General Dwight D. Eisenhower, encontrou as vítimas dos campos de concentração, ordenou que fosse feito o maior número possível de fotografias e fez com que os alemães das cidades vizinhas fossem guiados até aqueles campos e, até mesmo, enterrassem os mortos.E o motivo, ele assim o explanou: "Que se tenha o máximo de documentação – façam filmes, gravem testemunhos – porque, nalgum ponto ao longo da história, algum bastardo se erguerá e dirá que isto nunca aconteceu".«Tudo o que é necessário para o triunfo do mal é que os homens de bem nada façam» (Edmund Burke).Relembrando:Esta semana, o Reino Unido removeu o Holocausto dos seus currículos escolares porque "ofendia" a população muçulmana que afirma que o Holocausto nunca aconteceu...Este é um presságio assustador sobre o medo que está atingindo o mundo e o quão facilmente cada país se está deixando levar.Estamos há pouco mais de 60 anos do fim da Segunda Guerra Mundial.Este e-mail está a ser enviado em memória dos 6 milhões de judeus, 20 milhões de russos, 10 milhões de cristãos e 1.900 padres católicos que foram assassinados, massacrados,violentados, queimados, mortos de fome e humilhados, enquanto a Alemanha e a Rússia olhavam noutras direcções.Agora, mais do que nunca, com o Irão, entre outros, sustentando que o"Holocausto é um mito", torna-se imperativo fazer com que o mundo jamais esqueça.A intenção de enviar este e-mail é a de ele ser lido por 40 milhões de pessoas em todo o mundo.

Pessoal recebi esse texto por e-mail de uma amiga que mora em Portugal, não verifiquei sua autenticidade quanto a questão de que "o Reino Unido removeu o Holocausto dos seus currículos escolares porque "ofendia" a população muçulmana..." também não tem assinatura de autor, se alguem souber a autoria ou se alguém achar que não condiz com a verdade ou se de alguma forma ferir os direitos autorais, por favor me avisem.
Um pouco da vida do General
Dwight "Ike" Eisenhower (apelido que ganhou ainda na infância), nasceu em Denison, Texas, a 14 de outubro de 1890. A sua carreira militar só começou a decolar em 1930, quando um estudo seu sobre estratégia chegou às mãos do general Douglas MacArthur.
Em novembro de 1942 passou a chefiar também as tropas francesas e inglesas no norte da África e, em maio do ano seguinte, conseguiu a rendição de alemães e italianos na região. Daí em foi comandar as invasões da se Sicília e da parte continental da Itália. Eisenhower assumiu o posto de comandante-supremo aliado na Europa ocidental em dezembro de 1943 e coube a ele aceitar a rendição incondicional dos alemães. Após a rendição dos alemães, maio de 1945, o general Dwight David Eisenhower foi aclamado como o grande vencedor das segunda guerra. Em Paris, Londres, Moscou, Nova York, Washington, mais de um milhão de pessoas saíram às ruas para vê-lo passar em carro aberto.
Para saber mais sobre o General: http://www.t2w.com.br/bio.asp?cod=9

2 Comments:

Du said...

Nossa, Baby! Nunca tinha ouvido falar neste general...isso me faz pensar no quanto ainda tenho que aprender!

Beijos

Baby said...

Nós temos muito que aprender não é??? como diz minha vó, a gente vive e aprende até na hora da morte, amém!!!