quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Origem da palavra tragédia

Dionísio (deus do teatro)

A palavra tem origem inseperada. Vem do grego tragoedia, sendo tragos, bode, e oidé, ode, cançao. Ou seja; tragédia é a canção do bode! Na Grécia antiga, quando se celebravam heróis e deuses como Dionísio, antes da costumeira representação de peças de autores famosos, exibiam-se cantores que usavamos pés de cabra ou bode, tal como se imaginava fossem as divindades que habitavam os bosques. Nessas cerimônias em honra ao deus, além das vestimentas de aspecto caprino, o canto era acompanhado pelo sacrifício de um bode. Mas por que isso? Porque, como o bode devastava as videiras, seria também inimigo de Dionísio, o deus grego do vinho, e, por conseguinte, deveria ser sacrificado. Entre nós, modernos, a palavra tragédia tornou-se uma aplicação costumeira para designar um acontecimento doloroso, catastrófico, acompanhado de muitas vítimas, ou ainda para descrever o desenlace de uma paixão qualquer que redundou num horrível assassinato.
A tragédia era a acima de tudo uma forma artística e Aristóteles, um dos primeiros a estudar o os espetáculos teatrais, a tragédia seria "uma representação imitadora de uma ação séria, concreta, de certa grandeza, representada, e não narrada, por atores em linguagem elegante, empregando um estilo diferente para cada uma das partes, e que, por meio da compaixão e do horror provoca o desencadeamento liberador de tais afetos."

2 Comments:

lrpena said...

Ei Baby,

obrigado mais uma vez pelos comentários. Eles são uma motivação para continuar escrevendo. Você como sempre continua nos suprindo com conhecimento, trazendo contribuição única para nossa cultura.

Um forte abraço.

Ah, adorei a postagem do Aikido...

Anônimo said...

Não fazia idea da historia de essa palabra :)
sempre se aprende muito contigo.

Besito y hasta cualquer dia :)


Basko