quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

A Praieira

Pernambuco - século 19
A Praieira, movimento de caráter liberal que aconteceu em Pernambuco, foi a última das revoltas internas surgidas no Segundo Reinado. Os fatores que determinaram a revolta foram:
  • insatisfação dos liberais pernambucanos contra o domínio dos conservadores na política provincial;
  • repercussão no Brasil dos ideais das revoluções de caráter liberal e antimonárquico que ocorreram na Europa em 1848;
  • ressentimento populares contra o sistema latifundiário;
  • ressurgimento de idéias antiportguesas.

A impressa teve papel relevante na revolta Praieira, cujo nome se deve ao fato do Diário Novo, jornal dos revoltosos, ser editado na Rua da Praia, em Recife.

A Praieira foi o movimento de caráter mais profundo e de maior participação popular de quantos ocorreram no Império. Apoiava-se em idéias de mudança política e social brm mais definidas do que os movimentos anteriorres, pretendendo, de acordo com o programa divulgado em 1849.

  • voto livre e universal;
  • liberdade de impressa;
  • estabelecimento de brasileiros no comércio varejista ( antes controlado inteiramente pelos portugueses).
  • independência dos pobres constituídos, sem submissão de um a outro;
  • extinção do poder Moderador;
  • reforma do poder Judiciário, de modo a garantir os direitos individuais.

A rebelião praieira foi o último movimento liberal a defender o modelo descentralizado de poder. Havia outras propostas, mais radicais, representadas por Borges da Fonseca e pelo jornalista e professor Antônio Pedro de Figueiredo

Fonte: História do Brasil, Olavo Leonel Ferreira.

Para saber mais: http://www.culturabrasil.pro.br/praieira.htm

2 Comments:

lrpena said...

Querida,

obrigado pelos comentários lá no Blog. Como bom portador de TDAH que sou, tenho esses momentos de desânimo mesmo, mas palavras como as suas me motivam a continuar. Aliás, continuo amando suas postagens. Vou me atualizando a cada dia sobre os diversos eventos de nossa história. Parabéns.

Grande beijo.

Adriana said...

Esse post me fez lembrar daquela música do Chico Science:

"E é praieira!!! Segura bem forte a mão; e é praieira !!! Vou lembrando a revolução, vou lembrando a revolução; Mas há fronteiras nos jardins da razão..."

Bjos, Baby!

Bom final de semana para vc!

Adriana